Barca Velha (2000)

Este vinho é sublime e de longe o melhor que já bebi. Muito peculiar no nariz – muito forte em especiarias, em madeira queimada, em frutos vermelhos secos ; na boca tem um sabor forte a chocolate mas o que me deixou bastante surpreso foi os taninos : fortes mas muito curtos. Por momentos parecem muito sharp e quando parece que a acidez vai chegar ao fundo da lingua, parece que por magia parece que desaparecem e começam a aparecer os sabores de chocolate e baunilha com madeira. É absolutamente divino e penso que todos deviam provar um Barca Velha uma vez !

Preço : 168.00 euros

Nota Pessoal : 19.5

FavoriteLoadingAdicionar este vinho à Cave Virtual (clique aqui para adicionar)

Quanto a abrir o vinho, a pressão foi imensa e retratada fielmente em imagens !

Tudo a postos para abrir “the big kahuna” , com um saca rolhas xpto vindo expressamente da casa do Nuno…

tudo muito lindo, até que o panico se instala :

a rolha partiu-se ! o saca rolhas puxou muito depressa a rolha, que cedeu… e já estou a pensar que lá vão 165.00 euros de vinho pro galheiro…

nada como tentar salvar a situação com um velho e fiel saca rolhas normal, que são os melhores do que aquelas coisas todas modernas…

devagarinho lá se vai…

e ao fim de 1 minutos a puxar a rolha muitooo devagar, lá veio e nem um milimetro de cortiça ficou la dentro.

Partilhe este artigo:
    Gonçalo Proença

    Sobre Gonçalo Proença

    Conhecido pelo seu amor ao Dão e seus vinhos tendo, no entanto, uma grande paixão pelo Vinho do Porto, sobre o qual escreve - e o qual bebe - regularmente !