Dow’s Sra. Ribeira Vintage (2009) e Warre’s Vintage (2009)

Muito se tem discutido no Porto acerca do ano 2009 ser ou não declarado Vintage Clássico.

O grupo Fladgate Partnership e a Niepoort consideram como sendo clássico a Sogrape, Quinta do Noval e Symington Family Estates tendem a ir para os Vintage Single Quinta, excepção feita ao Warre’s que será Vintage.

Já em 2008 a discussão tinha sido acesa, mas na minha opinião, 2008 foi um óptimo ano para vinhos do Porto, talvez clássico até…mas como não foi declarado, quem sai beneficiado com isso somos nós consumidores, que temos grandes Vintages a preços um pouco mais amigáveis!

No meio de tanta discussão chegaram estas duas pérolas… Cask Samples do Dow’s Sra. Ribeira Vintage 2009 e Warre’s 2009.

As expectativas eram enormes, provar em 1ª mão os Vintages 2009 da Symington … e a verdade é que ambos corresponderam e superaram-nas com relativa facilidade.

O Warre’s Vintage 2009 sai como edição Comemorativa do Bi-Centenário da Libertação da Cidade do Porto, onde o Capitão William Warre desempenhou um enorme papel e condecorado com a Ordem de São Bento d´Aviz.

È um vinho que presta bem a Homenagem a que se propõe pois é sem dúvida nenhuma um grande vinho!!!

De cor bem carregada e escura, aroma algo contido ao inicio mas com muita elegância e complexidade, que vai abrindo para aromas terrosos, bagas silvestres maduras, algum floral tudo no lugar certo!

Na boca é um vinho magnifico, poderoso, robusto, rico, fruta de excelente qualidade, cerejas e amoras, chocolate preto e especiarias, um vinho com um final de boca longo, muito longo…. Um vinho com um perfil clássico!

Este vinho tem muitos anos pela frente, e vai evoluir de forma fantástica, pena que são foram feitas 500 caixas…

Quanto ao Dow’s Sra. Ribeira Vintage 2009, é um registo que me agrada bastante, um estilo diferente do Warre’s.

Desde que o Dow’s 2007 obteve 100pts. na Wine Spectator que toda a gente começou a olhar para ele com outros olhos, e acreditem que vale bem a pena olhar.

Sendo um single quinta, na minha opinião não fica atrás do 2007, nem no estilo nem na qualidade.

É um vinho tambem de cor bastante forte, mas no aroma é um vinho que me cativou imediatamente, e me recordou logo o estilo do 2007. Perfumado, elegante com muita fruta macerada, vegetal seco, um perfil muito parecido com o 2007.

Na boca é um vinho quente, uma explosão de fruta de altíssima qualidade, groselhas, especiarias e menta acrescentam complexidade e elegância a um vinho sedoso e opulento! Final de boca muito rico e longo.

Foi mais uma daquelas experiencias que não se repetem facilmente, provar em 1ª mão dois grandes vinhos, e como tal não posso deixar de agradecer ao Pedro Moreira, que alem de um grande amigo me tem proporcionado momentos vínicos inesquecíveis e ao Francisco pela fabulosa mousse de chocolate que fez para acompanhar os vinhos!

Dow´s Sra. Ribeira Vintage: 19

Warre’s Vintage 2009: 18,5

FavoriteLoadingAdicionar este vinho à Cave Virtual (clique aqui para adicionar)

Partilhe este artigo:
    Joao Chambel

    Sobre Joao Chambel

    ETOVLiano apaixonado e sommelier. Os vinhos são a sua vida e paixão! Brancos, tintos, rosés, fortificados, espumantes, nacionais e estrangeiros, novos e velhos... A Bairrada é uma das suas regiões de eleição e faz regulares transfusões de Baga e Borgonha.