Flor do Tua Reserva Branco (2014)

ftua_res_bco2014

A região de Trás-os-Montes tem normalmente pouco tempo de antena, mas talvez seja mais fácil definir aquilo que é a sua identidade vínica que outras mais celebradas e (muito) mais profícuas comercialmente. Lembro-me da expressão “nove meses de Inverno, três meses de Inferno” e das descrições da poesia e prosa de A.M. Pires Cabral. Aqui, “sai tudo do pêlo”.

Nos vinhos, embora não tenha ainda provado assim tantos, tenho visto nos tintos uma diferenciação mais vincada, relativamente ao Douro vizinho, que nos brancos. Quem sabe, também devido às castas tradicionais. Se nos tintos encontro um certo “arreganho” nessa comparação, diria que este branco está mais em linha com o estilo de alguns brancos durienses.

Feito com vinhas velhas de Códega do Larinho e Viosinho, o Flor do Tua Reserva Branco tem uma cor citrina com laivos esverdeados e sobressaem os aromas florais, flor de laranjeira à frente, com a fruta a ficar em segundo plano para já. É uma prova com bastante frescura, persistência e volume quanto baste, e a acidez esteve no ponto certo para equilibrar um prato de besugos fritos – tendo o vinho delicadeza suficiente para não se sobrepôr ao peixe.

Nota: 15,5
Preço: 5,90 €

Partilhe este artigo:
    Luis Pedroso

    Sobre Luis Pedroso

    Nasceu em 1977 em Lisboa, alguns meses após as vindimas dessa colheita lendária. No entanto, a curiosidade pelo mundo do vinho só se tornou uma paixão depois de outra grande vindima - a de 2007. Arquitecto com uma curta mas agradável experiência de trabalho numa Garrafeira.