FP Bical & Arinto (2010)

Quando falamos em Filipa Pato, a primeira coisa que me vem á cabeça é Simpatia.A simpatia de quem partilha com paixão aquilo que faz, a simpatia de quem tem prazer em divulgar e mostrar que nem só de Alentejo e Douro vive o vinho em Portugal!

Já algum tempo que conheço os vinhos da Filipa Pato, vinhos bem diferentes do habitual, vinhos irreverentes e como indica no rotulo…Vinhos sem maquilhagem!

Este é o FP Bical & Arinto 2010. Feito com uma das castas mais conhecida no nosso país, o Arinto e com Bical, casta bastante famosa e característica da região das Beiras e Bairrada, onde muitas vezes é usada para espumantes, apresenta-se um vinho de cor amarelo com reflexos esverdeados, bastante límpido e com lágrima persistente.

Proveniente de solos argilo-calcários com influência atlântica, o vinho tem um aroma poderoso, ananás em calda e lima juntam-se á elegância mineral de aromas mais complexos e florais.

Um vinho encorpado, a mostrar toda a sua potência, aqui a estrutura do Arinto junta-se a alguma Cremosidade da Bical para criar um conjunto que equilibra toda a estrutura com uma acidez e frescura vibrantes e a fruta de excelente qualidade envolta em notas mais minerais, típicas dos solos calcários da região, tem um final de boca longo fresco e bem equilibrado.

Acompanhou na perfeição uma garoupa grelhada, mas deve ser fantástico com um carpaccio de salmão fumado.

Filipa Pato, é sem duvida uma referência na enologia nacional e aqui mostra como é possível fazer um vinho equilibrado, encorpado e fresco proveniente de uma região um pouco esquecida mas que ela faz questão em promover e desenvolver, e ainda bem…

Uma referência e um vinho a ter em conta na relação qualidade/preço.

Nota: 16

[wpfp-link]

Sobre Joao Chambel

ETOVLiano apaixonado e sommelier. Os vinhos são a sua vida e paixão! Brancos, tintos, rosés, fortificados, espumantes, nacionais e estrangeiros, novos e velhos... A Bairrada é uma das suas regiões de eleição e faz regulares transfusões de Baga e Borgonha.