Herdade do Rocim, Sommelier Edition (2013)

Finalmente! Um vinho que presta a justa homenagem ao trabalho que grandes profissionais fazem todos os dias. O Herdade do Rocim Sommelier Edition. O desafio foi lançado ao Marco Alexandre, Sommelier nos Hotéis Sana – criar, em parceria com a Herdade um vinho que o identificasse. Desafio lançado é desafio cumprido para um escanção. Não gostamos de virar a cara à luta e gostamos de ser espicaçados para sair da nossa zona de conforto.

 

E o resultado está à vista: um vinho feito à base de Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Petit Verdot que não nega as suas origens. Aromaticamente ainda muito fechado a pedir ainda tempo em garrafa. A fruta está presente mas não domina, é fresca, com notas de amoras e groselhas. Floral q.b., temperado com as notas de especiaria do estágio de 17 meses em barrica.

 

Na boca revela-se um vinho muito sério, nada de sobrematurações, antes pelo contrário. É um vinho com uma definição na fruta fantástica, o tanino muito presente mas fino e elegante. Encorpado, rico e volumoso, com a acidez a contrabalançar e a conferir muita frescura. O final de boca é bastante especiado e com um ligeiro amargo que grita por comida. Quando pedem a um sommelier para “desenhar” um vinho certamente não esperam vinhos fáceis e redondinhos. Este é um vinho para a mesa e está muito bem conseguido.

 

Para mim, este projecto é mais do que um vinho. Representa uma aproximação lógica entre um produtor e os escanções, é uma bandeira e um orgulho para todos os que todos os dias pegam no saca rolhas e surpreendem os clientes com as suas harmonizações e recomendações.

Nota: 17
Preço: 20€

IMG_8854.JPG

Partilhe este artigo:
    Joao Chambel

    Sobre Joao Chambel

    ETOVLiano apaixonado e sommelier. Os vinhos são a sua vida e paixão! Brancos, tintos, rosés, fortificados, espumantes, nacionais e estrangeiros, novos e velhos... A Bairrada é uma das suas regiões de eleição e faz regulares transfusões de Baga e Borgonha.