Quinta do Sagrado na Living Wine

DSCN5751

21 de abril de 2016, quinta-feira, e regressam as provas de fim de tarde à garrafeira Living Wine, na Avenida de Roma, em Lisboa – desta vez para receber os vinhos da Quinta do Sagrado, situada perto do Pinhão, no Douro, com a presença do produtor José Maria Calem. E com um alinhamento, já anunciado, que prometia… O produtor começou por falar um pouco da história da Quinta e do nascimento da marca, com aquele saber de quem há muitas décadas está envolvido no mundo do vinho com origem no Douro. A prova começou com o Sagrado branco 2015, um vinho que criava expectativas, já que a edição de 2012 conseguiu um primeiro lugar no evento Vestigius Top Wine, do qual este site foi parceiro, que decorreu em março de 2014. Na altura, um dos membros internacionais do júri falou do vinho como um exemplo da arte portuguesa do blend – todo ele era equilíbrio. No caso deste 2015, há que aguardar – foi engarrafado apenas há um mês e precisa claramente de tempo, mas a promessa está lá.

 

Passando aos tintos… o Sagrado tinto 2013 foi também engarrafado há muito pouco tempo… está ainda cheio de ímpetos por controlar, mostrando para já uma fruta explosiva mas que ao primeiro contacto com os aromas revela o seu carácter “Douro” – precisa de garrafa. Promete, também. Passando ao Quinta do Sagrado Reserva 2008, “mudamos de mundo”. É um vinho (muito) sério, complexo, e sugerir decantação. Nas palavras de outra pessoa presente, impressiona pelo polimento – para uma “segunda marca”, mostra muita ambição, oito anos após a colheita, num ponto muito recomendável. A prova de tintos chega ao fim com o topo de gama da casa, o VT 2008, que após 8 anos mostra uma com uma frescura e juventude assinaláveis. Sensorialmente, é magnífico, com uma fruta ainda muito viva, muito profundo e com muitos anos pela frente. Lembramos aqui o que dissemos acerca da edição de 2007 deste vinho.

DSCN5750

A prova muda então de registo, e mergulhamos no mundo do Vinho do Porto, já rendidos. Primeiro com um tawny com indicação de idade, o Quinta do Sagrado 20 anos e finalizando com um Quinta do Sagrado Vintage 2011 que nos faz olhar em volta à procura de chocolates. Resta-nos agradecer à Living Wine por nos proporcionar provas deste gabarito.

 

FavoriteLoadingAdicionar este vinho à Cave Virtual (clique aqui para adicionar)

Partilhe este artigo:
    Luis Pedroso

    Sobre Luis Pedroso

    Nasceu em 1977 em Lisboa, alguns meses após as vindimas dessa colheita lendária. No entanto, a curiosidade pelo mundo do vinho só se tornou uma paixão depois de outra grande vindima - a de 2007. Arquitecto com uma curta mas agradável experiência de trabalho numa Garrafeira.