Quinta do Vallado: um ano, dois vinhos

Um ano mítico, uma das mais famosas quintas do Douro, e dois vinhos: receita para o sucesso. A Quinta do Vallado tem recebido várias distinções pela alta qualidade dos seus vinhos de mesa, especialmente o Touriga Nacional. Provei estes dois vinhos lado a lado e achei neles quer traços comuns quer (bastantes) diferenças; no entanto, ambos se apresentaram a um nível muito bom.

O Vallado Reserva 2005 tem uma cor vermelha límpida, tem uma boa complexidade armática, especialmente no que toca aos aromas de fruta vermelha, morangos em calda e ameixa, envolvidos em traços mais florais de violeta. Nota-se o bom trabalho da madeira a transmitir os aromas mais fumados.
Na boca, tem uma estrutura de taninos bem delineada e elegante, fruta de grande qualidade e leves toques de madeira doce, baunilha, chocolate preto e couro. O final tem toques de pimenta preta e é elegante e persistente. Um vinho que acompanhou bem uns bifes da vazia grelhados na perfeição.

A seguir veio o Touriga Nacional 2005 e com ele a elegância de uma cor bem mais escura que a anterior e um vinho muito menos evoluído. Aromaticamente mais exuberante nos aromas de fruta preta e na qualidade dos aromas florais. Um vinho com especiarias e notas de barrica nova que, a marcarem ainda um pouco, se encontravam bem trabalhadas.
Um vinho que tem tudo no sítio certo:  taninos redondos, bem domados e uma boa acidez que lhe transmite muita frescura. A fruta aparece madura e de boa qualidade, temos leves toques de folha seca e alguma apara de lápis.
Um vinho com um final de boca pleno de elegância e persistência.

Nota-se, nestes dois vinhos, a  “marca” do produtor, ambos elegantes, estruturados, com uma Touriga Nacional de grande qualidade e um trabalho de madeira notável.

São dois belíssimos vinhos, mas o Touriga Nacional apresentou-se num patamar muito superior com maior complexidade que o Reserva e deu muito mais prazer a beber.

Vallado Reserva (2005):

Nota: 16,5
Preço: à volta dos 30€

Vallado Touriga Nacional (2005):

Nota:17,5
Preço: á volta de 25€

20130103-123420.jpg

Partilhe este artigo:
    Joao Chambel

    Sobre Joao Chambel

    ETOVLiano apaixonado e sommelier. Os vinhos são a sua vida e paixão! Brancos, tintos, rosés, fortificados, espumantes, nacionais e estrangeiros, novos e velhos... A Bairrada é uma das suas regiões de eleição e faz regulares transfusões de Baga e Borgonha.