Senses Alvarinho (2010)

Quem nunca ouviu falar da Adega Coop. de Borba? Foi e continua a ser um motor da região…Fundada em 1955 começou por ser a primeira de muitas adegas cooperativas da região, ajudando assim pequenos produtores da região a dinamizar o seu negócio e providenciando uma qualidade aos vinhos bem diferente!

Sobejamente conhecida pelos tintos…especialmente o famoso e bem interessante Rotulo de cortiça, que me tem proporcionado grandes momentos…especialmente alguns mais antigos… A Adega de Borba começou também a sua aposta nos brancos… e em bom tempo o fez.

Uma renovação da imagem e a aposta em mono-varietais, renovou a força da Adega e com isso atingiu um público mais jovem e cada vez mais exigente, aliando Tradição e Rigor com Irreverência e Estilo, combinação que na minha opinião resultou muito bem! E essa irreverencia é bem demonstrada aqui…um Alvarinho Alentejano.

O Senses Alvarinho 2010!

Aqui o Alvarinho aparece com mais corpo, mais pesado no copo, mas com uma lágrima bem persistente.

O nariz confirma, um estilo bem mais maduro que os Alvarinhos de Monção-Melgaço, coisa que também não é de estranhar pois estamos a falar de climas e solos totalmente diferentes…mas a casta está lá…bem patente..a fruta como já referi bem mais madura, com um toque de manga e pêssego, um nariz bem interessante!

Na boca é um vinho rico, untuoso e encorpado a fruta madura continua a marcar a prova, num registo de cremosidade e corpo…para quem pensa que poderá ser um vinho pesado, plano e sem graça…engane-se, um vinho com uma acidez bem presente que corta a estrutura do vinho com grande classe e lhe transmite grande frescura…um final de boca bem envolvente e com alguns traços especiados..um vinho que se bebe bem a solo mas que já pede comida!!!!

Este vinho foi Escolha da Imprensa no EVS 2011 e medalha de Prata no International Wine Challenge… e com todo o mérito!

Um belíssimo exemplo de que um branco Alentejano, pode ser bem fresco e que dá uma bela prova!

Mais uma optima relação qualidade preço!

Nota: 16

FavoriteLoadingAdicionar este vinho à Cave Virtual (clique aqui para adicionar)

Partilhe este artigo:
    Joao Chambel

    Sobre Joao Chambel

    ETOVLiano apaixonado e sommelier. Os vinhos são a sua vida e paixão! Brancos, tintos, rosés, fortificados, espumantes, nacionais e estrangeiros, novos e velhos... A Bairrada é uma das suas regiões de eleição e faz regulares transfusões de Baga e Borgonha.