Gonçalo Proença Arquivo

  • Estava eu num almoço com o meu amigo Filipe Póvoas e falávamos de Pera Manca. Dizia eu que tinha bebido um 2007 tinto e tinha ficado triste, achava que não […]

    1995: Barca Velha vs Pera Manca

    Estava eu num almoço com o meu amigo Filipe Póvoas e falávamos de Pera Manca. Dizia eu que tinha bebido um 2007 tinto e tinha ficado triste, achava que não […]

  • Confesso que foi num momento de impulso que comprei este Hacienda López de Haro Reserva, por várias razões que me pareceram boas e justas na altura. E numa situação de impulso, tudo é […]

    Hacienda López de Haro Reserva 2009

    Confesso que foi num momento de impulso que comprei este Hacienda López de Haro Reserva, por várias razões que me pareceram boas e justas na altura. E numa situação de impulso, tudo é […]

  • Confesso que se há vinho que me desiludiu, foi o Barca Velha 2004. Disse-o quando ele foi lançado, escrevi um texto sobre ele e rapidamente levei com as velhas do […]

    Barca Velha (2004) – Uma nova visita

    Confesso que se há vinho que me desiludiu, foi o Barca Velha 2004. Disse-o quando ele foi lançado, escrevi um texto sobre ele e rapidamente levei com as velhas do […]

  •   XISTO : um nome emblemático no mundo dos vinhos ; este vinho é engarrafado nos anos excepcionais pela Roquette e Cazes – são duas famílias ( uma portuguesa – […]

    Xisto (2011)

      XISTO : um nome emblemático no mundo dos vinhos ; este vinho é engarrafado nos anos excepcionais pela Roquette e Cazes – são duas famílias ( uma portuguesa – […]

  • Cada pessoa tem um gosto muito pessoal em termos de vinhos e este Barolo, um Renato Corino de 2007 é prova de que o João Chambel sabe bem o que […]

    Renato Corino (2007)

    Cada pessoa tem um gosto muito pessoal em termos de vinhos e este Barolo, um Renato Corino de 2007 é prova de que o João Chambel sabe bem o que […]

  • Congo – um nome pouco comum para um vinho mas que arranca sempre umas risadas e pensei erradamente que seria mais um daqueles projectos novos, todos na moda que agora […]

    CONGO (2009)

    Congo – um nome pouco comum para um vinho mas que arranca sempre umas risadas e pensei erradamente que seria mais um daqueles projectos novos, todos na moda que agora […]

  • Um dos topos de gama da Quinta do Sagrado, este VT encheu-me as medidas. Fugindo completamente às novas modas dos vinhos do Douro, que têm de agradar a tudo e […]

    VT (2007)

    Um dos topos de gama da Quinta do Sagrado, este VT encheu-me as medidas. Fugindo completamente às novas modas dos vinhos do Douro, que têm de agradar a tudo e […]

  •   Sou apaixonado por vinhos de Bordeus mas confesso que praticamente odeio colheitas tardias, especialmente as Portuguesas. O adocicado em demasia (só mel, mel mel), a falta de frescura , […]

    Chateau d´ Yquem (1999)

      Sou apaixonado por vinhos de Bordeus mas confesso que praticamente odeio colheitas tardias, especialmente as Portuguesas. O adocicado em demasia (só mel, mel mel), a falta de frescura , […]

  • Não consigo esconder a expectativa de abrir uma “nova” Barca Velha : mesmo tendo já bebido bastantes, cada vez que abro uma, é uma viagem pelo fantástico mundo do vinhos […]

    Barca Velha (2004)

    Não consigo esconder a expectativa de abrir uma “nova” Barca Velha : mesmo tendo já bebido bastantes, cada vez que abro uma, é uma viagem pelo fantástico mundo do vinhos […]

  • “Piada de extremo mau gosto”, pensou a minha gata, como se pode ver. Isto após eu ter dito “eu levo o Meio Queijo para a mesa !”. Não era sinceramente […]

    Meio Queijo (2010)

    “Piada de extremo mau gosto”, pensou a minha gata, como se pode ver. Isto após eu ter dito “eu levo o Meio Queijo para a mesa !”. Não era sinceramente […]